Grupo com 48 imigrantes brasileiros, entre eles 17 crianças, é detido na fronteira

Brasileiros teriam dito aos agentes que foram ‘abandonados’ pelos coiotes; eles foram presos já na Califórnia, perto da fronteira de Tijuana, México

0
2860
Brasileiros foram presos por agentes da Patrulha de Fronteira (Foto Divulgação CBP)

Agentes do Customs and Borden Protection (CBP) prendeu um grupo de 48 brasileiros na região de Campo, na Califórnia, cidade que faz fronteira com Tijuana, no México. Entre eles estavam 17 crianças e bebês. A apreensão ocorreu no dia no dia 27 de julho e o grupo teria dito aos agentes que “foi abandonado” pelos coiotes – traficantes de pessoas que são pagos para fazer a travessia ilegal.

“Eles estavam desorientados e contaram que foram abandonados pelos coiotes”, disse o porta-voz da Patrulha de Fronteira de San Diego, agente Angel Moreno à CNN Brasil.  

Os brasileiros estão agora sob custódia da Patrulha de Fronteira aguardando uma decisão das autoridades americanas.

Moreno conta que cada pessoa que entra em solo californiano sem autorização e é encontrada pelos agentes de segurança passa por avaliações de saúde e é interrogada a respeito da motivação para cometer o crime. Aqueles que se dizem vítimas de violência ou perseguição política podem entrar com um pedido de asilo, outros precisam passar por uma audiência com juízes de imigração e muitos são deportados para seus países de origem.

O aumento no número de brasileiros que tentam entrar nos Estados Unidos ilegalmente disparou e tem chamado a atenção das autoridades. Só na região de San Diego houve um salto de 330 brasileiros detidos em 2020 para mais de 7.000 neste ano, segundo o agente Moreno.

Na última semana, o AcheiUSA contou a história do casal que está desaparecido desde março. Eles tentaram a travessia há quatro meses e, desde então, não fizeram contato com a família.