Homem é acusado de matar prima de 14 anos com 80 facadas na Pensilvânia

De acordo com a ocorrência policial, o corpo de Autumn Bartle, de 14 anos, foi encontrado pela mãe em um cenário de muito sangue e horror

0
2836
Primo é acusado por crime bárbaro
Primo é acusado por crime bárbaro

Um homem de 20 anos morador da Pensilvânia está sendo acusado de matar com 80 facadas e um tiro na cabeça sua prima de apenas 14 anos de idade. O crime aconteceu no dia 30 de março e chocou a população local pela brutalidade.  Colin Hagg III mora no porão da casa da família.

De acordo com a ocorrência policial, o corpo de Autumn Bartle, de 14 anos, foi encontrado pela mãe na manhã do dia 30, em um cenário de muito sangue e horror. Ela foi levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 2 de abril.

A polícia não sabe o que levou o acusado a cometer o crime, que foi encontrado horas depois de Autumn ser encontrada ferida com uma arma nas mãos. Ele tentou dar um tiro em si mesmo, foi levado para o hospital, mas não corre risco de morrer.

O crime teria sido cometido no banheiro da casa e impressões digitais do acusado foram encontradas no local.

A família abriu uma conta no GoFundMe para levantar recursos para o funeral e as despesas hospitalares de Autumn.