ICE prende mulher no local de audiência sobre a guarda da filha no Kansas

Pessoas próximas a ela acreditam que ex-marido chamou o ICE para prendê-la

0
4235
Mulher foi presa antes de audiência de custódia da filha de 14 anos
Mulher foi presa antes de audiência de custódia da filha de 14 anos

A cidadã do Uzbequistão, Lola Basic, vive uma batalha com o ex-marido pela custódia da filha de 14 anos e, segundo pessoas próximas a Lola, o ex sempre fez ameaças de que chamaria o U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) para a ex-esposa, como forma de manipulá-la.

No dia 7 de fevereiro, os dois tinham uma audiência na cidade de Olathe, Kansas, para decidir se a adolescente mudaria com o pai para o Missouri ou se ficaria com a mãe no Kansas, mas não houve tempo para o juiz deliberar. Agentes do ICE estavam esperando para prender Lola na entrada da Johnson County House.

Segundo a advogada de Lola, ela entrou nos EUA legalmente em 1998, mas ultrapassou o tempo permitido para o visto. Em 2010, ela teve uma DUI (Direction Under Influence) e esta foi sua única passagem pela polícia.

“Dois agentes se aproximaram da minha cliente, disseram seu nome e a levaram presa”, disse a advogada de Lola, Bridget Schell. A advogada de Lola falou que nunca tinha visto ninguém ser detido em um tribunal de causas cíveis e de família.

Lola é casada com um cidadão americano há alguns anos. “Nós tentamos legaliza-la. Já gastei milhares de dólares em advogados de imigração e eles dizem que não há o que fazer”, disse o atual marido de Lola, Rafael Aponte, sem explicar a razão pela qual não consegue legalizar a esposa.

A fiança de Lola foi paga e ela aguarda por duas novas audiências: para decidir sobre a custódia da filha e agora uma Corte de imigração.