Inter estreia com derrota na altitude

0
544
Vice-campeão brasileiro sentiu a altitude e foi batido pelo clube boliviano (Foto: STAFF Images/Conmebol)
Vice-campeão brasileiro sentiu a altitude e foi batido pelo clube boliviano (Foto: STAFF Images/Conmebol)

Na temida altitude de 3,6 mil metros de La Paz, na Bolívia, até não faltou tanto ar ao Inter. Mas faltou futebol. O Colorado viveu uma atuação de muitas dificuldades do início ao fim e estreou na Libertadores com derrota por 2 a 0 para o Always Ready, no Estádio Hernando Siles, pela 1ª rodada do Grupo B. Saucedo e Algarañaz fizeram os gols bolivianos.

Com a derrota, o Inter segue zerado e é o lanterna do Grupo B. O Always Ready, quem diria, é o líder da chave.

O Inter volta a campo pela Libertadores na próxima terça-feira, quando recebe o Deportivo Táchira no Beira-Rio. Antes disso, a equipe tem pela frente o Esportivo no Beira-Rio neste fim de semana, pela última rodada da primeira fase do Gauchão. A partida não tem data e horários marcados. O Always Ready enfrenta o Olimpia no Paraguai em 29 de abril.

Decepção na Vila Belmiro

A boa passagem do Santos pelas etapas prévias da Libertadores resultou em frustração na largada da fase de grupos. O Peixe jogou muito mal, foi dominado pelo Barcelona-EQU e perdeu por 2 a 0 na noite chuvosa da terça-feira (20), na Via Belmiro. Os dois gols saíram no segundo tempo – com Garcés e depois em infelicidade de Pará, que mandou contra. O time de Guayaquil ainda acertou um chute no travessão santista.

Com a vitória, o Barcelona larga na liderança do Grupo C, com três pontos, e deixa o Santos zerado na lanterna. A primeira rodada da chave foi complementada na quarta-feira (21), com The Strongest perdendo para o Boca Juniors na Bolívia. 

O Santos volta a campo pela Libertadores na próxima terça-feira, dia 27 de abril. E para um jogaço: na Bombonera, contra o Boca Juniors. Mas antes tem Paulistão. Na sexta-feira (23), o Peixe visita o Novorizontino, e no domingo (25) tem clássico com o Corinthians na Vila Belmiro.

Tricolor relembra os bons tempos

O São Paulo entrou em campo na noite de terça-feira (20), em Lima, no Peru, e bateu o Sporting Cristal por 3 a 0, na estreia da fase de grupos do torneio – o time peruano não perdia desde outubro. Venceu e convenceu. Com gols de Luan, o primeiro na carreira, Benítez, o melhor em campo, e Eder, com faro de artilheiro, o Tricolor começa bem a busca pelo tetra. 

O Grupo E tem agora o São Paulo como líder, com três pontos, e o Sporting Cristal como lanterna, com saldo negativo. Os outros dois times da chave, o uruguaio Rentistas e o argentino Racing, empataram em 1 a 1 .

O São Paulo tem dois jogos pelo Campeonato Paulista: um na sexta, às 20h, contra o Santo André, no Morumbi, pela sexta rodada, e outro com o Ituano, no domingo, em Itu, ainda sem horário definido, pela oitava rodada. Na Libertadores, o próximo desafio é no dia 29, contra o Rentistas, do Uruguai, no Morumbi.

Flamengo mostra garra e futebol

O Flamengo chegou a ficar duas vezes atrás no marcador contra o Vélez, no primeiro jogo da fase de grupos da Libertadores, no estádio José Amalfitani, na noite de terça-feira (20). Mas, após ver Janson deixar o time argentino duas vezes à frente no placar, o Rubro-Negro contou com o talento do elenco para construir a vitória de virada por 3 a 2, com gols Arão, Gabigol, de pênalti, e um golaço de Arrascaeta. 

O Grupo G agora tem o Flamengo líder, com três pontos, enquanto o Vélez é o último. Os outros dois clubes da chave, Unión La Calera e LDU, empataram em 1 a 1 pela primeira rodada. 

O Flamengo volta a entrar em campo pela Libertadores na terça-feira, dia 27, contra o Unión La Calera, no Maracanã. Mas antes, no próximo sábado, enfrenta o Volta Redonda pela última rodada da Taça Guanabara. O próximo compromisso do Vélez na competição sul-americana é contra a LDU, fora de casa, também na próxima terça-feira.

Galo não brilhou em Caracas

O Atlético-MG iniciou a disputa da Libertadores com um empate (1 a 1) frente ao La Guaira, em Caracas, na Venezuela. Foi suado. O time mostrou pouca criatividade, abusou de cruzamentos e contou com grandes defesas do goleiro Everson para evitar um resultado pior na rodada de abertura do Grupo H. 

Antes de enfrentar o América de Cali, o Atlético tem compromisso pelo Campeonato Mineiro. Neste sábado, no Independência, enfrenta o Athletic pela rodada final da primeira fase. O Galo já tem garantida a melhor campanha da etapa, que assegura vantagens nas semifinais.

Verdão sofre susto mas vence 

Se por um lado o Palmeiras notou que não terá vida fácil na defesa do título e busca pelo tricampeonato da Copa Libertadores, por outro mostrou que não vai entregar com facilidade a taça conquistada em janeiro passado. Com um jogador a menos e após sofrer um empate inesperado, o Verdão buscou no último lance a vitória por 3 a 2 sobre o Universitario, na noite de quarta-feira (21), no Peru, e estreou largando bem no Grupo A da competição sul-americana. O duelo tinha tudo para ser tranquilo e começou com imposição, gols de Danilo e Raphael Veiga, mas o Palmeiras quase desmoronou num intervalo de três minutos no segundo tempo, quando Alan Empereur foi expulso e o time sofreu dois gols de Gutiérrez. Mesmo com um a menos e cinco substituições depois, o Verdão marcou com o garoto Renan, de cabeça, no último minuto. 

O Palmeiras larga com três pontos e já na liderança do Grupo A da Libertadores. No outro jogo da chave, Defensa y Justicia e Independiente del Valle ficaram no empate por 1 a 1 e somam um ponto cada. O Universitario fica zerado.

O Palmeiras volta a campo na sexta-feira (23) para enfrentar o Guarani, em Campinas, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Joga de novo no domingo, contra o Mirassol, no Allianz Parque, pela oitava rodada. E volta a campo pela Libertadores na outra terça, quando recebe o Independiente del Valle em casa, pela segunda rodada do Grupo A.

Organizadores de Tóquio devem adiar decisão sobre limite de público

O CEO da Tóquio-2020, Toshiro Muto, disse que uma decisão “pode vir em maio ou junho, dependendo da situação”
O CEO da Tóquio-2020, Toshiro Muto, disse que uma decisão “pode vir em maio ou junho, dependendo da situação” (Foto: Divulgação)

Os organizadores das Olimpíadas de Tóquio indicaram na quarta-feira (21) que devem adiar a decisão sobre o limite de espectadores nas instalações, possivelmente até junho, já que o ressurgimento de casos do novo coronavírus (covid-19) complica o planejamento.

Os organizadores dos jogos decidiram no mês passado que os espectadores internacionais não teriam permissão para entrar no Japão e afirmaram que decidiriam em abril quantos espectadores nacionais teriam permissão para entrar nas instalações.

Mas a presidente da Tóquio-2020, Seiko Hashimoto, disse em entrevista coletiva que a decisão levaria mais tempo, enquanto eles estudam a situação do novo coronavírus no país.

O CEO da Tóquio-2020, Toshiro Muto, disse que uma decisão “pode vir em maio ou junho, dependendo da situação”.

O Japão enfrenta uma quarta onda de casos de covid-19, com Tóquio e outras áreas implementando restrições.