Les Abobrins

0
1716
Les Abobrins
Les Abobrins

Parece que todo mundo tem ultimamente levado tudo a sério demais e tem se esquecido de relaxar um pouco. Com todas minhas viagens fico muito cansado, e admito que minha vida social tem se limitado ao Facebook – mas só entro para me distrair e divertir. Foi-se o tempo que eu entrava em discussões acaloradas sobre política (nunca sobre futebol ou religião, não curto nenhum dos dois). Percebi que estava perdendo amigos em essas discussões que nunca levam a nada – ninguém é convertido após discussão política, então para quê brigar? No Facebook tem uma opção que chamo de “botão salva-amizade”, fica naquela setinha ao lado das postagens de seus amigos e diz “unfollow” ou “deixar de seguir” (o meu está em inglês, não sei como aparece em português). Essa opção é bem menos radical que excluir os amigos contrários à sua forma de pensar, e o melhor de tudo é que eles nem ficam sabendo que você não vê mais suas postagens.

Eu só queria que o Facebook nos permitisse colocar algumas palavras-chave em filtros, de forma que postagens que as contivessem fossem bloqueadas. Recentemente vi um gazilhão de notícias sobre estupro – e eu prefiro não saber detalhes sobre isso. Vão dizer que sou alienado, que tenho que saber tudo sobre o assunto, principalmente porque tenho uma filha. Well, eu sei que existem campos minados em diversos lugares do mundo onde as guerras acabaram faz tempo, mas que continuam arrancando membros de quem passa pelo local; sei que há doenças horríveis de deixar qualquer um passando mal só de ver fotos; sei que há injustiças tremendas em todos os lugares. Mas não quero ver detalhes destas coisas, a menos que obrigatoriamente façam parte do meu dia a dia. Eu sempre digo à minha filha para não frequentar locais onde possa haver consumo de álcool e drogas, ao mesmo tempo sei que não poderei controlar seu futuro e só espero que minhas palavras de cautela sejam de alguma forma absorvidas por ela.

A chatice das redes sociais tem ficado cada vez maior – basta ser contra algum assunto que já nos rotulam imediatamente. Ao postar piadas temos que tomar muito cuidado, tudo é proibido hoje. Nada de piadas de loiras, negros, brancos, portugueses, judeus, católicos, etc., etc., etc. Nem sei como ainda não ensinam nas escolas Análise Sintática Politicamente Correta, para aporrinhar a vida de quem escreve qualquer coisa. Tenho até pena dos comediantes do futuro, qual será o assunto permitido para fazer piada? Marcianos? Tipo, dois marcianos andavam pelas ruas de Marte, o Manuel e o Joaquim….

Saí de diversos grupos do Facebook justamente por esse policiamento chato duscaramba e criei um onde nada sério pode ser postado –  inicialmente o chamei de Abobrinhas, mas como começou a ficar muito cheio de gente nada a ver (=Zé Ruela), mudei para um nome “francês”, Les Abobrins. Até hoje (toc, toc, toc) nunca tivemos um problema no grupo, nem é pelo pequeno número de participantes (tem pouco mais de 100 pessoas), é mais pela restrição de não postar nada sério. E quem eventualmente ficar de mimimi, usaremos o método democrático cubano para excluir e bloquear. Ah, como petista não tem senso de humor, eles não podem participar, hehehe!