Menos dois brasileiros na Fórmula-1 em 2011

0
552

Bruno Senna e Lucas de Grassi são dispensados de suas equipes

O início de ano não foi bom para os brasileiros na Fórmula-1. Depois da dispensa de Lucas di Grassi da Virgin, Bruno Senna também foi avisado pela Hispania que não está nos planos da escuderia para 2011. Com isso, o Brasil terá apenas dois pilotos na próxima temporada da categoria mais importante do automobilismo mundial: Felipe Massa, da Ferrari, e Rubens Barrichello, da Williams.

A notícia ao sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna foi dada pelo próprio chefe da equipe Hispania, Colin Kolles, que anunciou também a contratação do veterano indiano Narain Karthikeyan, de 33 anos, ex-piloto da Jordan na temporada 2005. Bruno estreou na F-1 na temporada passada, aos 27 anos, correndo por uma das três equipes novas da categoria. Com um carro infinitamente inferior aos demais, ele não conseguiu marcar nenhum ponto, e teve como melhor colocação o 14º lugar no GP da Coreia do Sul.