Mulher acorda do coma depois de dois anos e identifica irmão como autor do ataque que quase tirou sua vida

Vítima de 51 anos afirma que o próprio irmão a “atacou com um machado e a deixou para morrer” em junho de 2020

0
971
Wanda Palmer identificou o irmão como o autor do ataque (Foto: Divulgação Jackson County Police)
Wanda Palmer identificou o irmão como o autor do ataque (Foto: Divulgação Jackson County Police)

Uma mulher de West Virginia acordou do coma depois de dois anos e identificou o próprio irmão como autor dos ataques que quase tiraram sua vida. Wanda Palmer, de 51 anos, afirma que seu irmão a atacou na casa dela em Cottageville, West Virginia, em junho de 2020. A polícia declarou que a vítima foi “atacada, machucada e deixada para morrer”.

Segundo a polícia, na época a vítima foi encontrada no sofá com ferimentos graves provocados por um machado. O xerife do condado de Jackson, Ross Melinger, disse à CNN que quando a polícia chegou ao local, pensou que Wanda estivesse morta, mas perceberam que ela ainda estava respirando. A arma do crime nunca foi encontrada. Testemunhas disseram que viram o irmão da vítima, Daniel Palmer, na varanda da casa na noite do crime, mas as autoridades nunca conseguiram provar a autoria do ataque.

Há algumas semanas, a polícia foi chamada ao hospital e conseguiu conversar com Wanda. Ela respondeu “sim” e “não” para os investigadores, que prenderam o irmão da vítima, de 55 anos. Ela ainda está internada e debilitada, ainda não consegue manter conversas longas, mas está se recuperando. (Com informações da CNN)