Noite de segunda-feira foi a mais fria do ano na Flórida

Temperaturas baixas prejudicam a agricultura do estado e podem comprometer a produção

0
816

A madrugada de terça-feira (14/02) foi a mais fria do ano e uma das mais frias dos últimos dez anos. As baixas temperaturas no sul da Flórida – 34º F em West Palm Beach e 40º em Broward – castigaram a plantação e comprometeram o esforço dos agricultores que haviam plantado milho e feijão para suprir o comércio na época da Páscoa. Isto pode significar aumento no preço dos hortifrutigranjeiros, porque o estado deve importar produtos para abastecer o mercado.

O condado de Palm Beach é o maior produtor de milho in natura para consumo de todos os Estados Unidos, por isto a quebra da produção afetará o estado e o país. Além do milho e do feijão, as plantações de tomate e pimentão estão ameaçadas. Os agricultores consideram usar uma lona de proteção para manter a temperatura mais aquecida e diminuir a perda da produção.

Esta é mais uma má notícia para os plantadores da Flórida, já castigados pelos furacões do ano passado.