Organização Mundial de Saúde alerta que EUA podem se tornar novo epicentro do coronavírus

Nas últimas horas, 85% dos novos contágios por Covid-19 no mundo se concentraram nos Estados Unidos e na Europa, segundo a entidade

0
1237
Organização Mundial de Saúde está na mira do presidente Trump

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um alerta nesta terça-feira (24) sobre o aumento significativo do número de casos de coronavírus nos Estados Unidos nos últimos dias. A entidade, por meio de seu porta-voz, disse que o País pode se tornar o novo epicentro da pandemia.

“Estamos vendo aceleração muito grande nos casos dos EUA. Então há potencial”, disse a porta-voz Margaret Harris.

O estado de New York é o mais afetado do país e representa metade dos diagnósticos reportados nos EUA, com mais de 23 mil casos. Todos os 50 estados americanos tem pacientes de Covid-19. 

Nas últimas 24 horas, 85% dos novos contágios reportados em todo o mundo tinham origem nos EUA e na Europa, pontuou a porta-voz da entidade.

Hospitais na Região Metropolitana de NY já reportam um aumento expressivo no número de pacientes de Covid-19, bem como a falta de equipamentos essenciais, como respiradores e máscaras de proteção. 

Nos EUA, de acordo com números desta terça-feira (24), 46.168 pessoas têm a doença e 582 já morreram. O País está atrás da Itália e da China no número de casos. (Com informações da Reuters)