Projeto que cria carteira de identidade para indocumentados avança em Miami-Dade

Medida recebeu aprovação quase unânime dos legisladores locais e deve ser lançada em setembro deste ano

0
1774
Condado de Broward e Palm Beach já têm programas similares (foto: Divulgação Faith Action)

Um comissão de vereadores de Miami-Dade aprovou, por maioria absoluta, uma proposta que cria cartões de identificação para residentes indocumentados do condado.

O projeto, parado desde 2002 na Câmara Legislativa local, ganhou força após relatos de que muitos imigrantes sem documentos estavam hesitantes em tomar a vacina contra a covid-19 devido à falta de identificação. A iniciativa também buscar facilitar acesso a abrigos públicos durante a temporada de furacões e agilizar o registro de crianças na escola.

Os condados de Broward e Palm Beach já têm iniciativas semelhantes. A prefeita de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, disse que trabalhará para que a ação seja lançada oficialmente em setembro deste ano.

A resolução aprovada na quarta-feira (3) deixa para uma futura votação quais informações serão incluídas na carteira de identidade.

Mas os administradores afirmaram que irão escolher uma instituição sem vínculos governamentais para emitir os documentos, de modo que o U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) não tenha acesso aos dados.

O projeto deixa claro, entretanto, que o documento não qualifica os titulares para votar nem dirigir; mas permite obtenção de cartões de biblioteca, aluguel de parques e outros serviços de Miami-Dade que exijam alguma forma de identificação oficial.

Além dos imigrantes indocumentados, a medida beneficiará moradores de rua, ex-presidiários e outros grupos com alguma restrição de acesso a documentos de identificação.