Surfista brasileiro garante vaga em Circuito Mundial

Jessé Mendes atingiu 20.560 pontos ao chegar às oitavas de final

0
888
Jessé Mendes garantiu a vaga na elite no QS da África do Sul
Jessé Mendes garantiu a vaga na elite no QS da África do Sul

O surfe brasileiro garantiu, nesta quinta, mais um representante na elite da próxima temporada. Líder do ranking do WQS, a divisão de acesso ao Circuito Mundial, Jessé Mendes atingiu 20.560 pontos ao chegar às oitavas do QS 10000 da África e não sai mais do grupo dos dez indicados para completar o top-34 do próximo ano.

A bateria que rendeu a Jessé a classificação ao Circuito Mundial 2018 foi contra o americano Griffin Colapinto e contra o também brasileiro Alejo Muniz. Jessé fez 13.17 de pontuação e avançou em segundo. Griffin ficou em primeiro, com 14.83, e Alejo acabou eliminado, com 12.00 de somatório.

Com a vaga nas oitavas, Jessé já soma um mínimo de 3.700 pontos em Ballito. O vice-líder do WQS é Yago Dora, com 10.460, já registrando os 2.200 conseguidos na África do Sul. Jessé é da mesma geração de Gabriel Medina, Miguel Pupo, Italo Ferreira, Caio Ibelli e Ian Gouveia, que já estão na elite dos 34 melhores surfistas do mundo.

O QS 10000 Ballito Pro segue nesta sexta-feira com a primeira chamada marcada para as 7h na África do Sul, 2h de Brasília. Os catarinenses Yago Dora, Tomas Hermes e Willian Cardoso, o paulista Flavio Nakagima e os cearenses Michael Rodrigues e Heitor Alves ainda disputam a quarta fase.