Tom Brady anuncia saída do New England Patriots após 20 anos

Um dos maiores jogadores de futebol americano de todos os tempos deve atuar em outra equipe da NFL na próxima temporada

0
806
Tom Brady escreveu post se despedindo do Patriots (Foto Reprodução Instagram)

Tom Brady, um dos maiores jogadores de todos os tempos da Liga de Futebol Americano (NFL), anunciou nesta terça-feira (17) sua saída do New England Patriots depois de 20 anos no time. Com seis títulos do Super Bowl no currículo, o quarterback ainda não definiu seu futuro, mas disse buscar “novos rumos” para sua vida e carreira e que sua “jornada no futebol vai para outro lugar”.

Ainda não há qualquer confirmação de onde Brady irá jogar na próxima temporada. No entanto, especula-se que o Tampa Bay Buccaneers e o Los Angeles Chargers fizeram altas propostas, na casa dos $30 milhões por uma temporada para contar com o quarterback em suas franquias. Mas tudo não passam de especulações.

“A nação dos Patriots vai ser sempre parte de mim. Não sei o que o futuro reserva para o meu futebol, mas é tempo de estar aberto para novos rumos na minha vida e na minha carreira. Eu agradeço do fundo do meu coração e vou sempre amar o que nós compartilhamos, uma vida inteira de ótimas memórias”, afirmou Brady em comunicado postado nas redes sociais.

Robert Kraft, dono do New England Patriots, confirmou a saída de sua principal estrela após uma conversa na noite de segunda-feira.

“Tommy iniciou contato na última noite e nos encontramos. Tivemos uma conversa positiva, respeitosa. Não é o jeito como eu gostaria que isso acabasse, mas eu desejo que ele faça o que é melhor para ele. Depois de 20 anos com a gente, ele ganhou esse direito. Eu o amo como um filho”,  disse Robert Kraft, dono dos Patriots, à Sports Illustrated.

O contrato de Tom Brady se encerrou após a última temporada, que teve o Kansas City Chiefs como campeão após o Super Bowl, em fevereiro de 2020. Desde então, havia muita especulação sobre uma renovação de contrato do quarterback de 42 anos, maior vencedor da história da NFL. Sem acordo, ele definiu que não segue no New England Patriots, mas já havia informado que não vai se aposentar. (Com informações do Globo Esporte)