Trabalhadores indocumentados na Georgia deixam de ir ao trabalho por medo do ICE

Centenas de empregados de fábrica perto de Atlanta não apareceram mais para trabalhar por medo

0
2246
ICE divulgou norma nesta segunda (6) (Foto ICE)

As recentes operações do U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) no Mississippi, que prenderam 680 trabalhadores indocumentados, e boatos de novas batidas assustaram funcionários de uma fábrica na região metropolitana de Atlanta, Geórgia.

De acordo com um jornal local, houve uma debandada de dezenas de funcionários na fábrica de processamento de produtos alimentícios Victory Foods, em Gainesville. Testemunhas disseram que boatos de uma possível operação na fábrica fizeram com que funcionários fugissem ainda com o uniforme da companhia na quinta-feira passada.

“Muitos saíram com aventais e capacetes e não voltaram mais”, comentou Mario Diaz, que mora perto da fábrica. “Alguns entraram em carros, deram carona para outros e fugiram”.

O ICE negou que estaria planejando uma operação na fábrica.

“A comunidade imigrante está aterrorizada, com muito medo e incerteza. Todos os dias surgem boatos de batidas do ICE e o pânico é geral”, comenta a advogada Sarah Owings.

Apesar de a fábrica alegar que só contrata funcionários com documentos para trabalhar nos EUA, ativistas acreditam que muitos usam números falsos de social security para conseguir emprego e a empresa não avalia a fundo a veracidade dos documentos por precisar dessa mão-de-obra.  (Com informações do WPIX 11).