Verrugas

0
3298
Verrugas
Verrugas

Em uma das cenas do filme Austin Powers e o Membro de Ouro, o personagem interpretado por Fred Savage tem uma verruga enorme no rosto. O Austin Powers faz a maior cara de nojo, e fica cutucando aquela verruga peluda com uma vareta.

Creio que dermatologista em Hollywood seja caríssimo. Ou verrugas entraram na moda, não entendo a quantidade de atrizes (e atores) com verrugas no rosto e no corpo, eca! Devem achar que essas deformidades cutâneas façam parte de seu visual e não devam ser removidas – só que são causadas por vírus HPV e são altamente contagiosas. Se uma destas coisas melequentas sangrar, o local onde o sangue tocar aparecerá outra verruga. O dono de um mercadinho perto de casa deve ter coçado uma e ficou com um cinturão nojento na volta toda do pescoço – não sou muito de demonstrar nada em público, mas ele deve ter percebido minha cara de vômito com um dos lados do lábio levantado.

Vi estes dias um filme com uma atriz muito bonita, que tem verrugas enormes nos ombros. Até tentei procurar seu nome no Google escrevendo “atriz com verrugas no ombro” em inglês, mas quase vomitei quando apareceram os resultados. Ela fez alguns poucos filmes, e em todos faz questão de mostrar aqueles cogumelos brotando de sua pele. Será que ninguém nunca chegou para ela e disse  que aquilo é disgusting?

Além de criar essas coisas nojentas em nossos corpos, o vírus HPV pode causar câncer de útero e passar de uma pessoa para outra através do contato físico. O tratamento nem sempre surte efeito com eficiência ou rapidez.

A Bianca estava com uma na ponta de um de seus dedos e a levei em um monte de dermatologistas, uma delas até fez raspagem no local. De nada adiantou, sempre voltava e passou para outro lugar na palma de sua mão. Em uma de minhas viagens machuquei a cutícula de meu dedinho (ok, eu roí) e o local infeccionou. Chegando em casa, o gênio aqui resolveu pegar o alicate de cutícula da Bianca para “dar uma aparada” no local. Adivinhe? Peguei a @#%$ do vírus! No meu caso espalhou para outros dedos onde a cutícula estava machucada (ok, roída). E ficou horrível. Também fui a inúmeras dermatologistas, elas rasparam e passaram ácidos até quase cair a ponta de meus dedos – e até deformou um pouco um dos dedos pela queimadura causada pelo ácido.

Acabei tentando fazer de tudo, passei um monte de cremes e outras porcarias – só faltou visitar um curandeiro (nota do autor, não adianta esquentar a cabeça de um prego até ficar em brasa e fazer cauterização caseira, não funciona…). Até o dia que achei um curativo liquido no Target em Miami – tipo um esmalte incolor (se chama Liquid Bandage New Skin). Passei, e depois de uns dias percebi que a verruga havia quase sumido em alguns lugares. Toda noite passava uma camada nova e depois de uns 15 dias tudo havia sumido – TUDO!

Voltei em uma das dermatologistas e contei o que havia feito para me livrar daquilo, e ela me respondeu mais ou menos que “alguns especialistas dizem que basta privar o vírus de oxigênio que ele desaparece”. Ah, é….? Ela me diz isso depois de quase terem amputado meus dedos???? Passei um ano de cão!

Então, se você acha que essa coisa pendurada no seu corpo faz parte de sua “personalidade” saiba que não faz, é nojento e perigoso. Vá a um dermatologista e remova isso antes que se arrependa e tenha vários “filhotes” dividindo o espaço na sua epiderme.