Walt Disney World apresenta plano de reabertura gradativa dos parques

Proposta da empresa é reabrir os parques de forma gradativa a partir do dia 11 de julho; parques da Universal reabrem no dia 5 de junho

0
1568
Parques da Disney devem reabrir em julho (Foto: Divulgação Disney)

Executivos da Walt Disney World apresentaram na manhã desta quarta-feira (27) os planos para reabertura dos parques de Orlando, que estão fechados desde março devido à pandemia do coronavírus. O planejamento foi apresentado ao comitê de recuperação econômica do condado de Orange, onde ficam localizados os parques da Flórida.

De acordo com o plano, os parques Magic Kingdom e Animal Kingdom reabrem no dia 11 de julho. Epcot e Hollywood Studios reabrem os portões ao público no dia 15 de julho.

Jim MacPheen, vice-presidente de operações da Walt Disney World, realizou a apresentação virtual, que precisa ser aprovada pelo condado e, em seguida, pelo governador Ron DeSantis.

Segundo a proposta, os parques respeitarão o distanciamento social, solicitarão o uso de máscaras e vão tomar outras medidas para garantir a segurança de visitantes e funcionários. Haverá checagem de temperatura em alguns pontos do parque.

Os tradicionais desfiles e show de fogos permanecem suspensos para evitar aglomerações. Os encontros com personagens da Disney também estão suspensos temporariamente.

Parques da Universal

Os parques da Universal Orlando receberam a aprovação para reabrir no dia 5 de junho. O plano foi aprovado pelo governador Ron DeSantis um dia após ser apresentado pelos executivos do parque de Orlando.

“Universal Studios Florida, Universal’s Island of Adverntura e Universal’s Volcano Bay receberão visitants a partir do dia 5 de junho, com uma nova realidade de segurança e procedimentos de higiene”, informa a empresa.

A Universal informou que áreas interativas dos parques serão fechadas, bem como o serviço de valet parking. Funcionários terão as temperaturas checadas e deverão usar máscaras de forma obrigatória.

A ocupação dos parques deverá obedecer à fase 1 de reabertura do Estado da Flórida, com ocupação máxima de 50% da capacidade.