Professores da UFF fazem estudo sobre empresas de brasileiros na Flórida

0
1016

Pesquisadores chegam em setembro para mais uma etapa do projeto que vai virar livro e curso de gestão empresarial

Joselina Reis

Eduardo Picanço e Sabrina Sampaio na sala de trabalho do projetoA Flórida há muito tempo tem sido uma extensão do Brasil. Com o grande número de brasileiros vivendo no estado e/ou vindo para visitar, muitos empresários decidiram investir e abrir suas pequenas e médias empresas na região, e ou abrir filiais no meio da comunidade brasileira. O fenômeno da internacionalização dos negócios de empresas brasileiras entre Miami e Orlando chamou a atenção de um grupo de professores da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, estado do Rio de Janeiro.

Com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), os professores Eduardo Picanço e Cesar Barreto iniciaram o projeto em 2012. No ano passado começaram as entrevistas com empresários locais para o projeto “Mapeamentos dos aspectos gerenciais das empresas brasileiras e habilidades do gerente brasileiro em suas iniciativas de internacionalização”.

O professor Eduardo Picanço explica que o objetivo do projeto é ajudar outros empresários brasileiros que queiram investir na Flórida. “O projeto pretende entender a evolução da internacionalização dos pequenos negócios de brasileiros e identificar quais as dificuldades que esses empresários passam. Nós acreditamos que isso possa oferecer aos futuros empreendedores informações relevantes que ajudem no sucesso empresarial dos brasileiros em suas empreitadas no exterior”, conta.

Após o levamento teórico sobre o empreendedorismo e internacionalização de negócios, os professores visitaram algumas empresas na cidade de Orlando em 2013 e 2014. No momento, os dados já compilados serão apresentandos em um artigo acadêmico para publicação em um periódico científico. “Esses dados sinalizaram aspectos interessantes sobre a competitividade das empresas brasileiras em Orlando e foram apresentados a um grupo de empresários da cidade. Estamos agora em fase de conversas para ver como podemos colaborar com os brasileiros em termos de melhoria da atuação da rede empresarial brasileira lá”, explica Pecanço.

O próximo passo da pesquisa é incluir os empresários brasileiros da região que vai de Miami a Pompano Beach. Os professores Eduardo Picanço e Cesar Barreto estarão em setembro no sul da Flórida para novas rodadas de entrevistas. Em 2015, o projeto deve ser estendido para Nova York e Boston.

Ao término das pesquisas, os dois professores acreditam que terão material necessário para condensar os resultados em um livro, além de material de estudo para a disciplina “Internacionalização de Negócios” da UFF e quem sabe oferecer os resultados também em forma de um curso de gestão em regime semipresencial (com certificação pela UFF) para os pequenos empresários interessados em melhorar seus processos gerenciais.