A importância do empoderamento das mulheres

0
752

Maria Grosso

Nós, latinos, somos o principal grupo racial e étnico mais jovem nos Estados Unidos, com uma média de idade de 27 anos. Isso representa uma década a menos que a média geral no país, que é de 37 anos. Por conseguinte, e especialmente para a juventude latina, os passos que serão dados a partir de agora afetarão diretamente a capacidade de formar bons líderes majoritários dentro dos próximos vinte anos. O primeiro passo para assegurar que tenhamos uma liderança concreta, influente e que verdadeiramente funcione para apoiar a nossa comunidade é assegurar que todos, especialmente as mulheres e os jovens latinos, tenham uma boa percepção da nosso empoderamento pessoal.

“Empoderamento” é um termo criado pelo educador brasileiro Paulo Freire, que significa um estado de força mental com o poder de criar uma mudança positiva. Em geral, o empoderamento caracteriza-se pela habilidade de encontrar um sentido de ser, de pertencimento e, mais especificamente, no encontro da fé em si mesmo, na crença das suas capacidades e objetivos. O desenvolvimento desta característica não requer que você saiba inglês, que tenha dinheiro na conta do banco ou um grande connhecimento geral no seu cérebro simplesmente requer que você seja capaz de identificar seus pontos fortes e suas metas.

Este ano prevê-se que as empresas que pertencem a mulheres latinas nos Estados Unidos produzam $71.1 bilhões de faturamento. As mulheres empreendedoras dessas empresas são um grande exemplo do lucro real que pode aparecer quando há objetivos claros e a força mental para segui-los. Mais que isto, a estatística representa uma parte do enorme potencial que temos para criar e produzir.

Cada dia que passa é uma nova oportunidade para investir nesse futuro. A maioria das pessoas se esquece de que o tempo é a forma de riqueza mais comum e mais valiosa que temos ao nosso dispor para concretizar nossos objetivos. Geralmente, há uma desproporção a favor da incapacidade e da negatividade, que se mantém por uma falsa crença de que estas são consequência da necessidade, da pobreza e a opressão “ou uma soma das três” , quando na realidade nenhuma destas coisas diretamente inibe o potencial que temos para criar, influir e tomar decisões.

Empreender numa luta pelo desenvolvimento de seu empoderamento pessoal começa com o estabelecimento de uma meta ou um grande objetivo com a clareza e a fé de que você já tem todos os direitos e poderes necessários para alcançá-lo.

LEIA TAMBEM:

Por Evandro Barreto: “Nova Iorque é aquela cidade perto do outlet? ”