Abel Braga exalta desempenho do Flu em Porto Alegre

0
495

Técnico do Fluminense elogia inteligência do time durante o empate sem gols com o Grêmio

O Fluminense chegou para o jogo contra o Grêmio cheio de desfalques: Deco, Thiago Neves, Wellington Nem, Fred. Porém, apesar das várias dificuldades, o time controlou o adversário dentro da Arena e conseguiu um empate nesta quarta-feira (10), pela Copa Libertadores. Para o técnico Abel Braga, esse resultado foi bom, assim como a atuação da equipe.

“Todos achavam que seria uma pera doce, que o Grêmio ganharia mole de um time desfalcado, mas não foi isso o que aconteceu. Quem teve mais chances de gol fomos nós. Claro que depois ficou difícil para o Grêmio, com um homem a menos. Para nós foi bom, mas temos grande responsabilidade no próximo jogo. Jogamos com inteligência, sem correr riscos. Não deu para sair com a vitória, mas o empate foi bom”, afirmou o treinador, na entrevista coletiva logo após a partida, que ficou em 0 a 0.

Com o empate diante do Grêmio, o Fluminense reassumiu provisoriamente a liderança do Grupo 8 da Libertadores. Para garantir uma vaga na próxima fase da competição, é necessário apenas um ponto na última rodada da etapa de grupos, em que enfrentará o Caracas (VEN), em São Januário.

Apesar de elogiar a atuação do Flu, Abel Braga fez algumas ponderações. Ele afirmou que o time deveria ter sido mais agressivo e que algumas chances desperdiçadas poderiam ter feito a diferença no final do jogo. “Depois da expulsão, procuramos administrar, rodar a bola de um lado para o outro, para cansar o adversário. Foi um jogo muito tático, com o Grêmio melhor nos primeiros 30 minutos e nós nos outros 60. Tivemos um gol mal anulado, uma chance com o Wágner, outra com o Gum e ainda houve um gol que o Rafael Sobis perdeu que não dá para entender até agora. Apesar de tudo, fiquei contente”, comentou o treinador.

Na quinta-feira da semana que vem (18), terá o confronto contra o Caracas. Uma partida em que o Flu tem tudo para garantir a vaga na próxima fase da Libertadores, mas que também precisa ter cuidado. “Não tem tranquilidade jogar em casa contra o Caracas. Esse jogo contra o Caracas vai ser decisivo, o jogo do ano. Nessa última rodada, os quatro têm chances de classificação. Temos ciência de que será difícil, ninguém é bobo no grupo. Termos que ser inteligentes” , encerrou Abelão.