Ações de seguradoras sobem na Bolsa de Valores de NY

0
704

A decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos sobre a lei de saúde também afetou a compra e venda de ações das empresas que administram hospitais e das seguradoras de plano de saúde. Enquanto as administradores de hospital comemoram aumento entre 5% e 10%, as ações de algumas empresas que comandam os planos de saúde caíram até 5%.

Com maior número de pessoas com plano de saúde, os hospitais, que hoje têm dificuldade em receber pelos pacientes sem seguro de saúde, vão poder ter mais chance de receber pelos seus serviços. Atualmente, eles estão atendendo pacientes na incerteza de que eles poderão pagar pelo atendimento.

Em 2014, os americanos vão ter mais escolha de planos de saúde, inclusive apólices com subsídio do governo, possivelmente mais baratas que as atuais comercializadas pelas grandes seguradoras.

A obrigatoriedade de todos terem um seguro saúde aumentou exponencialmente este mercado, que já estava em fase de crescimento.