Adolescente brasileira morre em voo entre Orlando e São Paulo

0
676

Em outro incidente na aviação comercial, 26 pessoas ficaram feridas devido a turbulência e pouso de emergência em Miami

Dois incidentes envolvendo brasileiros marcaram o fim de semana da aviação civil. No caso mais grave, a adolescente paulista Jacqueline Ruas, de 15 anos, morreu durante voo de volta de Orlando (na Flórida). Segundo o Instituto Médico Legal, a causa da morte foi pneumonia. Em outra ocorrência, um avião da Continental Airlines que ia do Rio de Janeiro para Houston (no Texas) precisou fazer um pouso de emergência em Miami por causa de uma forte turbulência durante o trajeto. De acordo com as informações das equipes que prestaram socorro aos passageiros e tripulantes, inclusive a alguns brasileiros, há 26 feridos, alguns em estado grave.
Jacqueline passou 12 dias em Orlando visitando parques temáticos em uma excursão. Este foi o presente de aniversário de 15 anos dado pela família. “Ela realizou um sonho. Um sonho que virou um pesadelo”, disse uma das tias da jovem. Durante o passeio, ela passou mal e vomitou e foi atendida em um hospital da cidade. Os médicos descartaram que a menina estivesse com gripe suína. No voo ela passou mal e desmaiou. Os médicos que a atenderam tentaram reanimá-la, mas a adolescente já estava em parada cardiorrespiratória
Já no voo 128 da Continental deixou o Rio na noite de domingo e deveria aterrissar em Houston na manhã desta segunda-feira. A forte turbulência durante a madrugada, porém, mudou a rota da aeronave. Os feridos, segundo detalhes fornecidos por outros passageiros, estavam sem cinto de segurança no momento em que o avião teve uma queda bruca – alguns chegaram a bater com a cabeça no teto do aparelho.