Agentes do FHP podem desaparecer

0
650

Projeto de lei que tramita no Senado estadual pode unificar os órgãos de vigilâncias da Flórida

Os agentes da Florida Highway Patrol estão praticamente virando policiais dos departamentos de polícia locais. Os empregos de mais de 1.500 agentes, conhecidos como troopers, foram dados aos escritórios dos sheriffs dos condados.

De acordo com esta política de contenção de custos, estão sendo fechados 10 postos da Florida Highway Patrol a partir desta sexta-feira. Isto no entanto não representará redução no número de troopers nas rodovias, segundo o FHP.

Todos os postos fechados ficam nas áreas rurais. Quatro estão no norte do estado – Crestview, Marianna, Quincy e Madison e os demais em Fruitland Park, Starke, East Palatka, Lake Placid, Arcadia e Naples.

Esta pode ser a maior terceirização na história recente da Flórida e tem o apoio do governador Rick Scott. Foram os sheriffs, não o FHP, que pediram para interromper o processo. Se um acordo for efetuado, a verba pode estar aqui num ano e a verba pode desaparecer na próxima sessão legislativa, disse Harrell Reid, presidente da Associação de Sheriffs da Flórida.

A mudança potencialmente pode elevar os custos do imposto predial, mas a batalha ainda não acabou. Um projeto de lei que está sendo examinado no Senado estadual prevê um estudo para consolidar todas as funções de exercício da lei, desde o FHP até a Comissão de Pesca e Vida Selvagem e agentes da fiscalização agrícola.

Quando o governo do estado reorganizou-se no final dos anos 60, os órgãos de caráter policial e de fiscalização foram propositalmente separados para que nenhum órgão pudesse ter controle total.