Aids na África do Sul ainda está fora de controle

0
563

Quase 30% das mulheres grávidas no país são portadoras do vírus

Um dado estarrecedor coloca por terra a ideia de que a epidemia de Aids no continente africano está sob controle: cerca de 29,3% das mulheres grávidas na África do Sul, um dos países mais desenvolvidos da região, são portadoras do vírus HIV. A notícia divulgada pelo ministro da Saúde local, Aaron Motsoaledi, preocupa as autoridades, até porque as Nações Unidas divulgou recentemente outra pesquisa que dava conta que pelo menos seis milhões de adultos naquele país são soropositivos.

O ministro Motsoaledi disse que a presença do HIV entre mulheres grávidas está em “níveis inaceitáveis” e que este relatório serve para dar uma ideia da situação e “aumentar o compromisso do Governo” na luta contra a Aids. Em algumas Províncias a proporção de grávidas contaminadas pelo vírus HIV passa dos 30%. “A situação é catastrófica”, admite um representante da organização Médicos Sem Fronteira, que informou que uma falta contínua de drogas para tratar a doença vai tirar a vida de milhares de africanos.