Al-Qaeda do Iraque nega plano de atentado na maior competição do futebol mundial

0
637

A Al-Qaeda no Iraque negou veemente as informações divulgadas pela Internet e por autoridades daquele país de que o grupo esteja planejando atentados durante a Copa do Mundo, na África do Sul. A negativa foi dada a sites islâmicos pelo Ministério da Informação de uma facção da rede terrorista.

Mesmo assim, membros do governo iraquiano como o general Qasim Atta (foto), o porta-voz do Plano de Segurança de Bagdá – fez questão de confirmar que os dois homens acusados de terrorismo que estão numa prisão do país mencionaram a possibilidade de um ataque, conforme determinado pelo segundo homem na hierarquia da Al-Qaeda, Ayman al Zawahiri.

Para garantir a segurança de atletas e turistas, os serviços de inteligência da África do Sul vão continuar verificando quaisquer informações sobre esse suposto atentado. Estamos preparados para resolver os problemas de segurança durante a Copa, confiamos no nosso plano e não estamos baixando a guarda, disse o porta-voz do Ministério de Inteligência da África do Sul, Brian Dube.