Americanos fracassam em simulação do exame de cidadania

0
920

Menos de 4% dos estudantes de High School nos EUA passariam no teste aplicado a imigrantes

Em época de comemoração da data mais importante dos Estados Unidos (o Dia da Independência), uma pesquisa comprovou que os americanos sabem pouco sobre o próprio país. De acordo com entrevistas feitas com 1.350 alunos de High School (Ensino Médio) no estado do Arizona, menos de 4% conseguiram responder corretamente às mesmas perguntas feitas aos imigrantes no teste de cidadania – o U.S. Citizenship and Immigration Services test. Entre as perguntas estavam assuntos básicos, como quem é o chefe do Poder Executivo ou qual é a lei mais importante da nação.
A maior parte das respostas dos adolescentes foi “não sei”. No entanto, alguns deles ‘capricharam’ em questões básicas como “quem foi o primeiro presidente dos EUA”… alguns responderam Bill Clinton, George W. Bush e até Barack Obama. A pesquisa foi conduzida pelo Instituto Goldwater, uma fundação apartidária que incentiva a adoção de políticas públicas nas áreas de educação e economia.
Alguns críticos da iniciativa argumentaram que os estudantes não responderam às perguntas de forma séria e que o processo não foi elaborado cientificamente. Além disso, pessoas como Ronald Marx, o reitor da Faculdade de Educação da Universidade do Arizona, acreditam que este não é um parâmetro para avaliar os conhecimentos da população. No entanto, a defesa dos diretores da fundação se baseia no fato de que qualquer jovem deveria responder tais questões sem qualquer dificuldade, pois são referentes a fatos básicos do país.
Um cronista do jornal Arizona Daily Star lamentou que os americanos achem graça dos erros cometidos por cidadãos. “Deveríamos ficar assustados com isso. Infelizmente a ignorância da sociedade merece até um programa em que adultos são confrontados diante de alunos da quinta série”, lamenta o jornalista.
No teste cívico como parte do processo de naturalização, os imigrantes precisam acertar 60% das 10 questões apresentadas oralmente pelas autoridades para obter a cidadania. As perguntas envolvem assuntos diversos e são extraídas de uma cartilha de 100 assuntos, como conceitos básicos sobre a História dos Estados Unidos, a estrutura do seu governo e a democracia.