Aos 85 anos e cansado, Papa Bento XVI renuncia ao cargo

0
549

Brasil tem cinco votos no conclave que escolherá o novo papa. Nome deve ser divulgado antes da Páscoa

Pela primeira vez em 600 anos um papa renúncia ao cargo. A notícia de que o papa Bento XVI vai deixar o trabalho deixou 1.2 bilhões de católico ao redor do mundo surpresos. O pontífice ainda deu um prazo, ele fica no cargo até o dia 28 de fevereiro. O último a renunciar foi o Papa Gregório XII em 1415.

“Uma pessoa precisa de força física e mental, força física que nos últimos meses tem deteriorado e eu preciso reconhecer que me sinto incapacitado para fazer o que o cargo exige de mim”, disse o papa de 85 anos, segundo declarações do próprio Vaticano. O caso é tão raro que o Vaticano ainda não sabe o que vai ser de Bento XVI após o dia 28 e nem como ele deve ser chamado daqui em diante. Ele provavelmente deve ir para um retiro, onde viverá seus últimos dias orando e descansando.

Com aviso tão curto, os católicas acordaram na manhã de segunda-feira com a especulação de quem será o novo chefe da igreja. Os cardiais responsáveis pela escolha do novo papa devem começar o processo assim que Bento XVI deixar o cargo, mas já garantiram que antes da Páscoa o nome do novo Papa será anunciado.

Nos últimos anos, desde que Bento XVI assumiu o posto, especula-se a necessidade de escolher um representante Latino-Americano e ou africano para comandar os católicos. No entanto, a força dos membros do lado europeu ainda é muito forte e as probabilidades são menores já que Bento deve escolher mais da metade dos 118 membros do grupo que elege o seu sucessor.

O Brasil tem nove integrantes no Colégio Cardinalício do Vaticano, mas quatro deles já ultrapassaram a idade limite de voto que é de 80 anos. O que sobra cinco cardeais brasileiros para opinar no conclave para eleger o sucessor de Bento 16. A lista de eleitores no conclave tem cardeais de cerca de 70 países diferentes. Sendo a maioria de origem italiana.

Independente de sua origem, acreditam os estudiosos em assuntos do Vaticano, o novo Papa deve seguir o mesmo discurso conservador de Bento XVI. Isso significa que assuntos como aborto, controle familiar e divórcio devem continuar do mesmo lado da pauta.

Papa Bento XVI assumiu o cargo que era do Papa João Paulo II em Abril de 2005. De lá prá cá, Bento XVI vem enfrentando problemas de saúde e a crise na Igreja Católica afetada com as constantes denúncias de abuso sexual contra padres.

Bento XVI nasceu em 16 de Abril de 1927 na Alemanha. Durante a segunda guerra mundial chegou a ser alistado, segundo ele contra sua vontade, nas tropas de Hitler, mas desertou.