Ataque a consulado dos EUA no Afeganistão mata três

0
648

Talibã assume autoria dos ataques

DA REDAÇÃO, COM AGÊNCIAS – Pelo menos três pessoas morreram em ataque ao prédio do consulado dos Estados Unidos na principal cidade a oeste do Afeganistão, Herat, nesta sexta-feira (13). A explosão atingiu o portão de entrada do prédio e foi causada por um caminhão-bomba. A explosão desencadeou uma intensa troca de tiros entre agentes de segurança e possíveis terroristas.

Abdul Raoof Ahmadi, porta-voz do principal hospital de Herat, disse depois que três pessoas, incluindo dois policiais e um guarda local, haviam sido mortas e que 17 pessoas ficaram feridas.

O Talibã reivindicou rapidamente a autoria do ataque em Herat. “Nosso objetivo para este ataque é mostrar aos norte-americanos que eles não estão seguros em nenhum lugar neste país”, disse o porta-voz Qari Yusuf Ahmadi, em comunicado enviado a repórteres.

O embaixador dos EUA no Afeganistao, James B. Cunningham, por meio de um comunicado, condedou o ataque e lamentou os cidadãos afegãos que perderam suas vidas. “Afegãos foram mortos no ataque, junto com outras pessoas que trabalham para o Consulado. Estamos profundamente tristes por essa perda sem sentido”, disse o embaixador.

Há um ano, no dia 11 de setembro, um consulado norte-americano na Líbia foi alvo de ataque na cidade de Benghazi, que resultou nas mortes do embaixador americano, Christopher Stevens, e outros três funcionários.