Autoridades querem incentivar turismo no sul da Flórida

0
476

Miami Beach terá força-tarefa para criar iniciativas para o setor

Logo após os ataques terroristas em setembro de 2001, as autoridades do Sul da Flórida – principalmente em Miami Beach – se reuniram para, juntas, buscar alternativas de incentivo ao setor turístico da região, um dos mais fortes do estado. A iniciativa deu resultado e, por isso, a mesma receita será usada agora, num momento que o país enfrenta uma grave crise econômica, com as taxas de desemprego nas alturas e o consumo caindo.

Uma força-tarefa está sendo montada em Miami Beach para gerar idéias que possam alavancar o turismo num dos principais destinos americanos e mundiais: a cidade tem agora uma comissão, presidida por Stuart Blumberg, presidente de um dos grupos hoteleiros mais fortes do sul da Flórida, que vão fomentar ações para trazer um número cada vez maior de turistas a Miami. O objetivo é idealizar estratégias focadas em grupos específicos de pessoas – como os gays, fundamentais para o turismo da região – e em projetos voltados para os chamados ‘boutique hotels’, os hotéis de assinatura, com ênfase maior nos elementos de arte, muito comuns por aqui.

O anúncio foi feito no momento em que legisladores da Flórida planejam cortar cerca de 13 milhões do orçamento (40% do total) para a indústria do turismo no estado. Se for confirmado o corte, a empresa ‘Visit Florida’, o programa privado que promove o setor, sofrerá grandes baixas, não só de anúncios de televisão como de centros de recepção a visitantes, que receberam pelo menos 2.2 milhões de pessoas em 2008.