Balões podem levar Internet para Amazônia

0
712

Um projeto do Instituto Espacial Brasileiro pode levar internet para as comunidades rurais no meio da floresta amazônica. A ideia é usar balões para levar sinais de internet e conectar definitivamente famílias isoladas no meio da floresta ao mundo online.

A tecnologia aeroespacial é a base do CONECTAR. Para isso, balões carregarão o sistema de comunicação desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

O balão portando transceptores pode ser içado a 240 metros de altura e faz os links via rádio. Com o balão, a comunicação em banda larga usando rádio frequência atinge maior área de cobertura em comparação às torres convencionais. Assim, o CONECTAR pode ser executado com custo competitivo em relação às tecnologias existentes, por levar menos tempo para implementação e com abrangência de sinal muito maior.

Realizado pelo INPE/MCTI, Telebrás, CPqD e Ministério das Comunicações, o projeto CONECTAR conta com a parceria de empresas especializadas para agregar tecnologia espacial inovadora ao sistema de comunicação embarcado no balão. Uma demonstração do projeto foi feito em novembro do ano com sucesso.

Durante o teste feito em novembro, a conexão gerada pelo balão propiciou a realização de duas teleconferências via Skype, uma a 2,5 quilômetros (km) e outra a aproximadamente 30 km do INPE.

Depois do teste, que foi acompanhado por representantes do governo federal, os pesquisadores tiveram a garantia de que o governo vai continuar financiando o projeto. De acordo com o INPE, o equipamento tem potencial para colaborar consideravelmente com o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL).