Bebê Sofia é incluída na lista de transplantes dos Estados Unidos

0
779

durou quase um mês, a bebê Sofia Lacerda Gonçalves, de sete meses, foi incluída na terça-feira (29) na lista nacional de transplantes dos Estados Unidos. A informação é do médico brasileiro Rodrigo Viana, que atende a menina e fará os seis transplantes de órgãos do sistema digestório que ela necessita para sobreviver.

Portadora da Síndrome de Berdon, Sofia espera agora um doador. Não existe prazo para que o transplante seja feito. “O importante era ela entrar na lista. Agora, ela pode ter acesso aos órgãos que surgirem no sistema”, explicou Vianna.

Vianna afirmou que o controle da lista é feito pelo governo americano e não há como saber em que posição a bebê está. Ainda segundo Vianna, os exames laboratoriais de Sofia estão normais e ela está bem.

Apesar disso, a demora –que pode durar até dois anos– não é vista como um problema para a equipe médica do hospital. “Enquanto ela estiver bem, não há problema”.

A bebê está internada no Hospital Jackson Memorial Medical Center de Miami, nos Estados Unidos, desde o início do mês. Sofia é portadora da síndrome de megabexiga micrólon e hipoperistaltismo intestinal (MMHIS), também conhecida como síndrome de Berdon. Ela precisa transplantar os intestinos grosso e delgado, além do estômago e da bexiga. Os órgãos da menina não são capazes de fazer os movimentos necessários para digestão e eliminação das fezes e da urina.