Boletim Copa 2014: Fifa cria fundo de legado para investir, ao menos, R$ 50 milhões no Brasil

0
347


Entidade vai ajudar no desenvolvimento de projetos sociais, segundo Jérôme Valcke

Em visita ao Instituto Bola pra Frente, no Rio, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, anunciou na quinta-feira (23) que a entidade vai criar um fundo de legado para financiar projetos sociais relacionados ao futebol. Segundo a Fifa, o valor será de, no mínimo, $20 milhões.

Valcke esteve acompanhado de Bebeto, Cafu e Jorginho, que é o presidente do Bola pra Frente, e visitou as instalações do projeto, que fica no Rio de Janeiro e, através do Football for Hope, já é um dos contemplados por recursos da entidade. Hoje, são $200 mil, mas com o fundo de legado, ele receberá mais $800 mil.

“A Fifa já investiu $35 milhões, com o Football for Hope. Estamos apoiando diversas organizações ao redor do mundo. Hoje, estamos estendendo isso a 25 organizações no Brasil. Constituímos um fundo de legado e vamos dar mais informações sobre ele em março”, anunciou o secretário-geral Jérôme Valcke, que ainda alfinetou a burocracia brasileira: “A liberação de fundos pode levar um tempo aqui no Brasil e por isso queremos ajudar logo o projeto a ser uma realidade”.

Sofrendo com o calor, Valcke visitou as instalações do Bola pra Frente, foi recebido por cartazes, assistiu a apresentações musicais, e até cobrou pênalti em um dos campos do projeto e virou “instrumentista”.

“Para mim é importante ser parceiro da Fifa e quero demonstrar minha gratidão”, finalizou Jorginho.