Brasil brilha no salto em distância feminino

0
751

Maurren Maggi é a primeira brasileira a ganhar o ouro olímpico em prova individual

O 14º dia dos Jogos Olímpicos de Pequim foi recheado de bons resultados para os brasileiros. O mais expressivo deles, sem dúvida, foi a vitória de Maurren Maggi no salto em distância. A saltadora entrou para a história do atletismo brasileiro, pois conquistou a primeira medalha de ouro olímpica individual para o país.
A prova ocorreu no Estádio Olímpico de Pequim, o Ninho de Pássaro. Com a marca de 7,04m – sua melhor do ano -, a brasileira superou em apenas um centímetro a sua principal rival, a russa Tatyana Lebedeva, campeã olímpica em Atenas. “Ainda não caiu a ficha”, disse Maurren, logo após a conquista.
A vitória representa uma volta por cima para a brasileira. Em 2003 ela foi flagrada em um exame antidoping pelo uso da substância proibida Clostebol, contida em uma pomada cicatrizante. Maurren ficou dois anos sem competir e só voltou às pistas em 2006.
Além deste resultado, o Brasil confirmou presença na final do vôlei masculino, depois da vitória suada contra a Itália em quatro sets. O adversário no jogo pela medalha de ouro será, mais uma vez, a seleção dos Estados Unidos. No futebol masculino, o time de Ronaldinho ganhou da Bélgica e ficou com o bronze. Já no vôlei de praia masculino, o Brasil teve duas duplas no pódio: Márcio e Fábio Luiz, em sua estréia nas Olimpíadas, perderam a final para a dupla americana e ficaram com a prata, enquanto que Ricardo e Emanuel garantiram o terceiro lugar no torneio.
O Brasil tem, até agora, 12 medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e sete de bronze.