Brasil começou a ser levado a sério pelo mundo

0
471

Afirmação é do influente jornal Financial Times

Um bom sinal de que o Brasil atingiu um novo patamar no cenário econômico mundial é o fato de que o Financial Times, o jornal britânico de incontestável influência nos mercados, publicou esta semana um suplemento especial de quatro páginas inteiramente dedicado ao país. No texto, os editorialistas afirmam que, finalmente, o Brasil “começou a ser levado mais a sério pela comunidade internacional desde o ano passado”.

“As ambições globais do Brasil frequentemente foram atrapalhadas no passado (…), mas a estabilidade de seu sistema bancário e de seus mercados de capitais diante da crise mundial fizeram órgãos reguladores em outros países se interessarem por suas opiniões”, diz uma das reportagens do caderno. O jornal lembra, inclusive, que muitas autoridades brasileiras hoje integram organismos internacionais, como o Fórum de Estabilidade Financeira e a Comissão da Basiléia para Supervisão Bancária, por exemplo. Ainda segundo o veículo, muitos aspectos da política monetária e fiscal brasileira têm mais em comum com os países desenvolvidos do que com os emergentes.

O jornal inglês destaca que a referência do presidente americano, Barack Obama, ao colega brasileiro – a quem chamou de “o cara” – representou um “reconhecimento de fato” para os brasileiros. “Trata-se de uma democracia madura, com uma economia diversificada e uma população jovem e adaptável, fazendo a festa com cada vez mais empregos estáveis e melhores salários”, completa a reportagem, finalizando com a previsão de que a posição do Brasil só deve se fortalecer nos próximos meses.