Brasil leva três ouros na natação em Mundial no Catar

0
619

Felipe França faturou medalhas no revezamento, peito e medley misto

DA REDAÇÃO COM UOL

“Guilherme

Guilherme Guido, Felipe França, Nicholas Santos e Cesar Cielo

O nadador Felipe França fechou a quinta-feira (4) no Mundial de Piscina Curta, no Catar, com três medalhas de ouro conquistadas no revezamento 4×50 medley masculino, 100m peito e, por fim, no revezamento 4×50 medley misto. Foi uma maratona perfeita para o brasileiro. A partir do revezamento 4×50 masculino, o primeiro ouro do país, com poucos intervalos entre as provas, Felipe conseguiu construir bons resultados.

O segundo ouro veio menos de uma hora após Felipe ajudar o time brasileiro de revezamento a ganhar a medalha de ouro nos 4x50m medley masculino, Felipe França voltou à piscina e conquistou o lugar mais alto do pódio nos 100m peito com o tempo de 56s29. Esta marca foi a melhor já registrada em um Mundial de piscina curta. A segunda posição ficou com o britânico Adam Peaty 56s35 e o bronze com o francês Giacomo Dortona, com 56s78.

O dia foi fechado com o ouro “imprevisto” no 4×50 medley misto. O Brasil chegou a ficar em 5º na prova, mas se recuperou, conseguindo a medalha dourada. Junto a Felipe, Etiene Medeiros,  Larissa Oliveira e Nicholas Santos terminaram em primeiro com o tempo de 1min37s26. “Conseguimos um excelente resultado para o Brasil”, disse Nicholas Santos ao Sportv logo depois da prova.

“Fechamos o dia com chave de ouro. Foi um dia bem puxado. Mas fechamos com felicidade”, afirmou Felipe em entrevista ao SporTV.
Esta foi a sexta medalha de Felipe França em sua carreira em um Mundial de piscina curta. Ele já havia ganho três em Dubai-2010 (ouro nos 50m peito e bronze nos 100m peito e 4x100m medley), além do ouro nesta quinta no revezamento 4x50m medley.