Brasil perdeu 11 mil “super-ricos” em 2014

0
777

O Brasil perdeu 11 mil “super-ricos” em 2014, segundo o relatório “World Wealth Report 2015”, feito pelas consultorias Capgemini e RBC Wealth Management. O número de brasileiros milionários caiu de 172 mil em 2013 para 161 mil no anos passado, uma diminuição de 6,4%, informa o portal G1.

O levantamento usa o termo super-ricos para definir aqueles que têm mais de $1 milhão disponível para investimentos, excluindo a residência principal, acervos, bens de consumo e bens duráveis.

O Brasil ficou na contramão da tendência mundial em 2014, segundo o relatório. No mundo, o número de novos milionários aumentou 920 mil no ano passado, chegando a 14,6 milhões e totalizando um total de $56,4 trilhões para investimentos, um crescimento em torno de 7%.

O Brasil caiu 3 posições no ranking dos países com maior número de milionários, para a 16ª posição. A liderança é dos Estados Unidos, com 4,3 milhões. Na sequência, estão Japão (2,4 milhões) e Alemanha (1,1 milhão).

China e Estados Unidos foram responsáveis por mais da metade (52%) do crescimento da população global de indivíduos com alto patrimônio em 2014.