Brasil pode assumir a liderança nas Eliminatórias

0
492

A seleção brasileira se prepara para mais uma rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 e, após os dois próximos jogos, o time do técnico Dunga pode assumir a liderança da chave sul-americana. Neste sábado o compromisso é contra o Uruguai, em Montevidéu, e na quarta-feira o adversário é o Paraguai, em Recife (Pernambuco), que está em primeiro lugar no grupo.

O time se preparou durante toda a semana na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), mas a comissão técnica preferiu não adiantar o time titular. Os atletas, por sua vez, sabem que as duas partidas são fundamentais: duas vitórias garantem a classificação antecipada para o Mundial da África do Sul e darão tranquilidade ao escrete canarinho na Copa das Confederações, que começa no próximo dia 15 de junho. O Brasil estreia contra o Egito.

“Só temos que pensar nos seis pontos porque com eles a gente dá um passo gigante para a Copa do Mundo. Nesse momento, é o que a seleção tem que pensar”, disse o lateral-direito Daniel Alves. O meia Felipe Melo foi no mesmo tom e revelou que os jogadores querem ser os primeiros das Eliminatórias. “E esses dois jogos serão cruciais para almejarmos o topo da tabela”, disse.

Mas mesmo sintonizados no discurso de que estão focados no Uruguai e no Paraguai, os brasileiros não conseguiram disfarçar que o assunto da semana na Granja Comary foi a possível transferência de Kaká, que deve se transferir do Milan (Itália) para o Real Madrid (Espanha) ou para o Chelsea (Inglaterra). Dunga, porém, não admite que a transação atrapalhe o trabalho na seleção. “Temos um grupo de jogadores experientes, profissionais, que sabem que o tempo na seleção é curto. O principal é a preparação para esses dois jogos. Já conversei com alguns jogadores, e sabem que esse tempo é para se dedicar à seleção, depois eles cuidam do futuro”, disse o comandante do time.

A transação envolvendo Kaká foi tema até para Américo Faria, diretor de seleções da CBF. Ele foi questionado se o jogador seria liberado na semana que vem para se apresentar ao novo clube, seja ele Real ou Chelsea, mas respondeu com um enfático “não há a menor possibilidade”.

Voltando às Eliminatórias, o selecionado brasileiro já está em Montevidéu e, antes da partida, fará um treino de reconhecimento do gramado do Estádio Centenário. Logo após a partida contra o Uruguai, os jogadores embarcam de volta para o Brasil, diretamente para Recife. Na capital pernambucana, Dunga comandará três treinos. O objetivo da comissão técnica é viajar para a África do Sul ainda na madrugada de quinta, quem sabe, com a liderança do grupo na bagagem.