Brasil quer isenção de imposto para álcool exportado para EUA

0
471

O Brasil quer uma cota livre de impostos para o álcool exportado para os Estados Unidos. O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, afirmou hoje que o tema fará parte das conversas entre os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e George W. Bush. Furlan aposta que os EUA precisarão do álcool brasileiro para cumprir a meta da dependência do petróleo.

“O presidente Bush lançou um desafio muito forte para o uso do etanol, e eu não acredito que os EUA consigam preencher o programa que o Bush lançou sem que haja ajuda externa.”

O ministro disse que o Brasil poderia auxiliar, especificamente, a logística da costa oeste americana, onde há poucos postos de combustível.

O Brasil tem mais de 20 mil postos com álcool, enquanto que os EUA têm 800, segundo Furlan. “O Brasil poderia atender com barcos grandes a exportação levando a custo competitivo o álcool principalmente para a Califórnia, que é o Estado que, por si só, consome mais combustível que o Brasil todo”, afirmou.