Brasil tem 210 mil indocumentados nos EUA

0
893

Dados são do Departamento de Segurança Nacional americano

O Brasil é o segundo país entre os que registraram o maior crescimento de indocumentados nos Estados Unidos desde 2000, segundo estimativas do próprio Departamento de Segurança Nacional americano. Há oito anos, o número de imigrantes em situação irregular era de 100 mil, mas este índice mais do que dobrou e hoje os brasileiros na ilegalidade são cerca de 210 mil. Vale destacar que as estatísticas do governo brasileiro superam em muito os dados oficiais dos EUA.
O aumento foi apenas inferior ao registrado pelos indianos. Os imigrantes da Índia nesta situação eram 120 mil, em 2000, e 270 mil, em 2006. Os mexicanos, no entanto, são a maior comunidade de ilegais em território americano. Eram 6,5 milhões, em 2006, contra 4,6 milhões, em 2000.

O Departamento de Segurança Nacional americano calcula que existam 11,6 milhões de imigrantes sem documentação no país – 2% seriam brasileiros. De acordo com o governo dos Estados Unidos, a cada ano, 18,3 mil brasileiros, em média, cruzam a fronteira com o país ilegalmente.

Mas a antropóloga da Universidade da Florida Maxine Margolis, autora de livros como ‘Little Brazil: Imigrantes Brasileiros em Nova York’, diz que as estatísticas oficiais estão muito abaixo do verdadeiro número. “Há mais imigrantes do que as estatísticas indicam, mas é impossível calcular com um grau de certeza quantos brasileiros vivem em qualquer região dos Estados Unidos ou no país como um todo”, disse.

As estimativas do Itamaraty, com dados de 2006 coletados em consulados, além de projeções de não registrados e ilegais, são bem diferentes do total calculado pelo governo americano. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, de 1,3 milhão a 1,5 milhão de brasileiros vivem nos Estados Unidos, sendo 450 mil ilegais.