Brasileira condenada em Boca Raton

0
633

Marcia Rodrigues pode pegar prisão perpétua

O júri considerou a brasileira Marcia Rodrigues culpada pelo assassinato em primeiro grau do baiano Ildo Araujo, ocorrido em 2007, em Boca Raton. A sentença será conhecida nesta sexta-feita e especialistas acreditam que a ré pode ser condenada à prisão perpétua.
O crime aconteceu em novembro de 2007, quando o limpador de piscinas Ildo foi morto a tiros pela brasileira, que justificou ter atirado em legítima defesa. Os advogados de Marcia argumentaram que ela é, na verdade, a vítima, pois o baiano teria abusado dela por mais de uma hora. O incidente aconteceu num condomínio luxuoso na esquina da Military Trail e 18th Street.

No entanto, a promotoria acusou Marcia de ter cometido o assassinato premeditadamente. Ildo era um ser humano e foi atraído para a rede da assassina, afirmou o promotor Jill Estey Richstone. Segundo ele, o filho de Marcia, André, teria confessado que a mãe planejava matar o baiano há algum tempo.

Na Corte, depois de três anos e meio do crime, Márcia ouviu do juiz que foi considerada culpada num processo que pode levá-la à prisão perpétua, de acordo com especialistas – assassinato em primeiro grau, a sangue frio e premeditado. A sentença será divulgada nesta sexta-feira e acompanhe o resultado no site do AcheiUSA (www.acheiusa.com).