Brasileira faz acordo com a promotoria para evitar prisão perpétua

0
3365

Ana Amélia se declarou culpada por ter matado o próprio bebê no parto

A brasileira Ana Amélia Santos Cuoco aceitou as condições da promotoria e se declarou culpada de assassinato em terceiro grau. Ela é acusada de sufocar o próprio bebê logo após o parto, no ano passado, em um basemant de uma casa na Pensilvânia, onde trabalhava como babá. A paulista Ana ainda vai responder por abuso de cadáver e omissão de morte de uma criança e a pena pode chegar a 47 anos de reclusão. O acordo evita que ela seja condenada a prisão perpétua sem direito à liberdade condicional. Ana escondeu o corpo do filho num saco plástico, mas as autoridades descobriram que o bebê foi asfixiado logo após o nascimento.