Brasileira impedida de amamentar filho já está em liberdade

0
529

Danielle Ferreira ficou quatro dias detida na Carolina do Norte e não vê a hora de voltar para o Brasil

Já está em liberdade a brasileira Danielle Ferreira, que ficou detida numa prisão da Carolina do Norte por quatro dias. O caso ganhou manchetes da imprensa em geral porque, por uma falha de comunicação entre a delegacia do condado de Mecklenbur e a polícia de imigração, ela foi impedida de amamentar seu bebê, de dois meses, que mamava no peito a cada quatro horas.
Danielle e o irmão foram detidos acusados de roubar mercadorias no valor de 600 dólares em um mall da região. Ao efetuar a prisão, as autoridades descobriram que o visto dos brasileiros estavam vencidos e chamaram os agentes da Immigration and Customs Enforcement (ICE). Ambos provavelmente receberão ordem de deportação, mas já haviam decidido deixar os Estados Unidos no início de dezembro. “Eu só quero ir para a casa agora e para o Brasil o mais rápido possível e esquecer que vivi nesse país”, disse a brasileira ao deixar a cadeia.
De acordo com amigos e parentes, Danielle, nos quatro dias em que ficou na carceragem da delegacia, suplicou pelo direito de amamentar o filho, mas os oficiais diziam que não tinham autorização para tal. Ela sequer pôde receber uma bomba para retirada do leite. “Não podemos liberar todas as mulheres que alegam a necessidade de amamentar seus filhos”, justificou o sheriff Jim Pendergraph, afirmando que jamais recebeu comunicado do ICE sobre a liberação. Depois, foi ainda mais irônico: “Por que ela não ficou em casa amamentando o garoto em vez de ir roubar?”, indagou o sheriff.