Brasileiras jogam mal, mas vencem com gol de Rosana

0
498

Nesta quarta-feira, a equipe do técnico Kleiton Lima teve muitas dificuldades na armação das jogadas, mas conseguiu bater a Austrália por 1 a 0 após gol da meio-campista Rosana, no início do segundo tempo.

Com a vitória conquistada no estádio Borussia Park, em Moenchengladbach, o Brasil divide a primeira colocação do grupo D com a Noruega, ambos com três pontos. Austrália e Guiné Equatorial, derrotados nesta quarta-feira, permanecem sem nenhum ponto.

Antes do torneio, a seleção brasileira foi apontada como uma das favoritas, ao lado de Alemanha e Estados Unidos. No primeiro tempo, no entanto, o que se viu foi uma equipe nervosa e dependente de chutões. Sofrendo forte marcação, Marta tentou algumas jogadas individuais e levou perigo em alguns chutes, mas o desempenho da atleta eleita melhor do mundo nos últimos cinco anos foi aquém do que os cerca de 30 mil torcedores que estiveram no Borussia Park esperavam.

Mesmo sem apresentar muita técnica, o lance do gol brasileiro surgiu em uma bela jogada. No início do segundo tempo, Cristiane, uma das mais perigosas do time, conseguiu fazer um bom lance na entrada da área e tocou para Rosana. A meia deu um drible e chutou cruzado, sem chances para a goleira Barbieri.

Apesar da vantagem no marcador, o panorama da partida seguiu o mesmo. A Austrália praticamente dominava as ações do jogo e, acuado, o Brasil tentava valorizar a posse da bola ou recorria aos chutões.
Com os três pontos na bagagem, o técnico Kleiton Lima terá agora mais dias para aprimorar alguns fundamentos antes da partida contra a Noruega, no próximo domingo, em Wolfsburg.