Brasileiro é acusado de matar três na Austrália

0
468

Da Redaçao com Globo – O brasileiro Nei Lima da Costa, de 29 anos, está sendo acusado de provocar a morte de três pessoas em Melbourne, na Austrália. No domingo (12), Costa dirigia a mais de 120km/h em uma das ruas da cidade e após furar o sinal vermelho em uma movimentada esquina acabou atropelando e matando um pedestre. Após perder o controle do carro colidiu com outro veículo. Um casal de australianos que estava no carro morreu no local. Os filhos do casal, dois rapazes, sobreviveram, mas tiveram que ser hospitalizados.

De acordo com a imprensa australiana, o brasileiro estaria sob efeito de uma droga chamada ‘ice’. O juiz negou o pedido de fiança e o brasileiro segue preso desde que deixou o hospital na segunda-feira (13), usando muletas.

A droga é uma forte metanfetamina e o brasileiro afirmou que estaria enfrentando o vício há cerca de dez meses. Os investigadores foram contrários à liberação do brasileiro sob fiança e afirmaram que ele representava perigo à comunidade e poderia tentar deixar a Austrália.

Durante apresentação ao juiz, três dias depois de sair do hospital, o brasileiro teve que ficar protegido atrás de um vidro para seu depoimento, familiares das vítimas ameaçaram Nei e sua família.

Nei é casado com uma australiana e mora em Melbourne com a filha de dois meses. O brasileiro enfrenta três acusações de direção culposa, três de negligência provocando ferimentos graves e uma de conduta imprudente colocando vidas em risco. A próxima audiência está marcada para março.