Brasileiro fala sobre arquitetura espacial no MDC

0
2128

Emanuel Dimas de Melo Pimenta projetou um edifício orbital

A conquista da moradia no espaço não está longe, e pensando nisso o arquiteto brasileiro Emanuel Dimas de Melo Pimenta já projetou um edifício orbital onde pessoas poderão viver nele. A arquitetura espacial foi o tema da sua palestra realizada no Miami Dade College no último dia 16 de abril. O tema chamou a atenção pelo inusitado e pela alta tecnologia. Professores e estudantes participaram do evento

O edifício idealizado para ficar em órbita tem o nome de Kairos: Um Pássaro em Órbita da Terra, e é projetado para ser uma estação orbital de uso exclusivamente civil, cultural e científico. “Não se trata de ilustração, mas de um projeto preliminar completo, com as designações técnicas, estudos de materiais, etc. A função desse edifício é levar para o espaço pessoas da sociedade civil dos mais variados países, de diferentes religiões, etnias, raças etc. para observar a Terra”, explicou.

O arquiteto acredita que a arquitetura espacial vai possibilitar finalmente a “conquista do espaço” com a participação da sociedade e não mais apenas com caráter militar. “A explosão nos projetos espaciais que assistimos hoje conduzirá inevitavelmente a atividades espaciais desconhecidas ou até agora pertencentes à ficção científica, como o turismo espacial”, disse.

No entanto, não só de arquitetura vive esse brasileiro eclético. Emanuel Pimenta nasceu no Brasil em 1957 e transita pelo mundo da arquitetura, música e multimídia. Hoje, ele é um dos mais conceituados autores de música que integra a arte visual em todo o mundo. O arquiteto-artista desenvolve música, arquitetura e projetos urbanos usando a realidade virtual e as tecnologias do ciberespaço.

O brasileiro explica que o nome Kairos indica a ideia de “tempo profundo”. “Quando uma pessoa vai para o espaço, vê a Terra como um todo, como um tempo presente profundo”, explica.

Mais sobre o trabalho do professor pelo website www.emanuelpimenta.net.