Brasileiro ganha prêmio internacional de empreendedorismo

0
1606

Rodrigo Baggio foi premiado por levar tecnologia para comunidades pobres

DA REDAÇÃO COM PEQUENAS EMPRESAS GRANDES NEGÓCIOS

“BrasileiroO empreendedor brasileiro Rodrigo Baggio, 45 anos, criador do Comitê para Democratização da Informática (CDI), ganhou o troféu Social Entrepreneur em Lyon França no último dia 21 de outubro. Baggio recebeu o prêmio por ter transformado a vida de crianças, jovens e adultos por meio da inclusão digital, numa iniciativa para levar e ensinar tecnologia para comunidades pobres. “A nossa missão é inspirar as pessoas e as empresas na criação de negócios mais justos por meio da tecnologia”, disse.

Rodrigo Baggio, 44 anos, é um dos mais reconhecidos e respeitados empreendedores sociais em todo o mundo. Pioneiro na área da inclusão social na América Latina, em 1995 fundou o CDI, a primeira organização sem fins lucrativos criada com o objetivo de combater a exclusão e o fosso nas tecnologias da informação e comunicação na região. Baggio é também um membro das quatro mais reconhecidas organizações de suporte a empreendedores sociais: Avina, Ashoka, the Schwab Foundation, e a Skoll Foundation.

Ao todo, quatro personalidades do empreendedorismo, todas envolvidas com negócios sociais, se tornaram exemplos para o mundo. Eles ganharam do comitê do World Entrepreneurship Forum o prêmio Entrepreneurs for the World Awards. O troféu é considerado uma espécie de Oscar do empreendedorismo.

Bertil Hult, 73 anos, ganhou o troféu Educador. Ele é o criador da EF, instituição educacional fundada em 1965 que conta hoje com mais de 37 mil funcionários espalhados por 52 países. Ele construiu o negócio com apenas $750 no bolso.

O troféu Young Entrepreneur foi entregue para Rapelang Rabana, 29 anos, uma empreendedora nascida na África do Sul. Criadora de startups na área de tecnologia e telecomunicações, ela é a fundadora e CEO da Rekindle Learning, uma empresa especializada em educação digital pelo celular.

O indiano Micky Jagtiani, 62 anos, ganhou o troféu Business Entrepreneur por suas diversas iniciativas de sucesso no mundo dos negócios. Ex-motorista de táxi em Londres, na Inglaterra, ele comanda atualmente a Landmark, conglomerado de empresas dos ramos de e-commerce, hotelaria e finanças com mais de 50 mil profissionais. Junto com sua esposa, Renuka, ele faz um intenso trabalho com instituições de caridade da Ásia e do Oriente Médio. ?