Brasileiro paga caro pela gasolina

0
669

Preço do combustível é até 33% maior do que nos EUA

Sem repassar para o mercado interno a forte queda dos preços internacionais do petróleo, que vem ocorrendo desde o último trimestre do ano passado, a gasolina e o óleo diesel vendidos pela Petrobras no Brasil estão bem mais caros do que no exterior. Segundo cálculos feitos por especialistas, o combustível que sai das refinarias para as distribuidoras está de 22% a 33% mais cara do que o vendido nos Estados Unidos. Já o diesel custa entre 45% e 68% mais. Se não fosse a desvalorização cambial em torno de 26%, a diferença seria ainda mais significativa.

A defasagem de preços é tamanha que o próprio presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, já admite que a companhia poderá reduzir os valores cobrados pela gasolina e pelo diesel, desde que a cotação do barril do petróleo se estabilize nos patamares atuais, bem como o câmbio, por um prazo de três a quatro meses. Na hipótese de eliminação integral da defasagem de preços, técnicos do setor de distribuição estimaram que a gasolina teria uma redução entre 8% e 12% para o consumidor final. Essa queda representaria na bomba em torno de 20 centavos a menos por litro, levando-se em conta que o preço médio da gasolina no município do Rio, por exemplo, é de 2,53 reais, segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP).