Brasileiro se destaca, também, no beisebol

0
902

Paulista Tiago da Silva vai participar de competição internacional do esporte jogando pela Itália

Fã de beisebol desde a infância, o paulista Tiago Felipe da Silva sempre teve problemas para encontrar amiguinhos para praticar seu esporte preferido, num país que idolatra o futebol. Mesmo assim ele nunca desanimou e agora está perto de realizar um sonho: Tiago vai disputar, com as cores da Itália, o World Baseball Classic, uma espécie de Mundial da modalidade, que conta com a participação de representantes de várias nações e de grandes astros da Liga Profissional dos EUA (MLB). Ou seja, o brasileiro – que é pitcher – poderá arremesar a bolinha pesada para as tacadas de gente como Derek Jeter (seu ídolo), Alex Rodrigues (que jogará pela sua República Dominicana natal) e o japonês Ichiro Suzuki.

Na verdade, Tiago não vai precisar sequer olhar para o campo adversário para se deparar com estrelas da MLB: o craque Mike Piazza, auxiliar-técnico da Itália, é o detentor do recorde de mais home runs na carreira como catcher (receptor) – 352. “Estou nas nuvens. Jamais pensei em jogar contra tantos atletas da Major League e nem parece real. Em 2004, eu apenas imaginava em ter uma chance de jogar fora do país “, contou o brasileiro, lembrando que o torneio terá 226 atletas que atuam na MLB.

O paulista nascido em Suzano está há cinco anos no beisebol italiano e defenderá pela primeira vez a nação, depois que conseguiu a cidadania italiana no ano passado. Ele deixou o Brasil com 19 anos de idade, após ter defendido o país na Copa do Mundo de 2003 e passado pelas seleções de base. Ele chegou a atuar em Taiwan, mas não teve sucesso e viajou para a Itália, onde foi campeão italiano em 2008 pelo San Marino. A dupla cidadania veio com o casamento com uma jogadora italiana de softbol . “Estou feliz com esta nova fase, mas mantenho a expectativa de uma chance na MLB”, assume o paulista. Ele pode ser o primeiro brasileiro a atuar em uma equipe principal da liga.
A Itália está no grupo C da primeira fase do torneio e estreia contra a Venezuela. Também estão no grupo o Canadá e, favoritos, os Estados Unidos. A segunda fase do World Baseball Class será jogada em Miami, a partir do dia 14 de março.