Brasileiro se queixa de lentidão no centro para detenção de imigrantes

0
372

Cunhada do rapaz detido há quetro meses está buscando alternativas para tirá-lo da prisão

A família do brasileiro Darci Oliveira Jr, 25 anos, acusa o Broward Transition Center (BTC), em Pompano Beach, de morosidade e descaso contra os presos dentro da instituição. A cunhada de Darci, Alina Oliveira, contatou a redação do jornal AcheiUSA para contar as dificuldades que ele vem sofrendo desde que foi preso há quatro meses. No caso de Darci, sua história é mais complicada do que a de outros brasileiros que também estão presos.

Segundo Alina, Darci não tem envolvimento com drogas e estava trabalhando em construção civil desde os 17 anos quando imigrou para os Estados Unidos. No entanto, como muitos imigrantes indocumentados, Oliveira usou a fronteira com o México para chegar até o sonho americano.

Darci estava dirigindo quando a polícia o parou por causa de um farol quebrado em seu carro. O fato aconteceu em Tallahassee há quatro meses. Logo após a prisão, ele foi transferido para o BTC em Pompano Beach e tem aguardado uma resposta da justiça sobre seu caso. A advogada enviou toda a documentação ao juiz pedindo uma solução para o caso dele, mas eles não respondem, desabafou Alina.

Ela disse que Darci entrou com um grupo de pessoas pela fronteira mexicana e foi preso na época. O juiz, que atendeu o caso no Texas, liberou todos os envolvidos e disse que iria estipular uma data para que todos voltassem à corte. Como a carta com data e local que todos deveriam se apresentar foi enviada para um endereço desconhecido, o nome de Darci foi para uma lista de procurados pela polícia. Nós nunca recebemos nada, revela a familiar.

Alina lembra que o cunhado espera por uma revisão do caso e ainda tem esperança de continuar em território americano. Ele tem mantido boa conduta desde o episódio no Texas, inclusive pagando imposto todos os anos, lembra a cunhada que teme pela saúde de Darci enquanto encarcerado. O frio e a má alimentação já fizeram o brasileiro perder quase 25 libras.

Pelas leis americanas, o imigrante que entra ilegalmente no País é deportado. No entanto, como cada caso é analisado de forma diferenciada. Recentemente o governo divulgou o deferred action para os ilegais que entraram nos Estados Unidos antes de completar 16 anos. Darci tinha 17 quando atravessou a fronteira.