Brasileiros de New Jersey fazem filme independente

0
1897

Roteiro foi feito com ajuda de voluntários

Perdida - Night Lost
Equipe filmando cenas externas em Newark

DA REDAÇÃO COM BRAZILIAN VOICE E ALÔ VOCÊ – Com apenas cinco mil dólares, muito trabalho voluntário e troca de favores, um grupo de brasileiros em New Jersey conseguiu realizar um filme. A obra “Perdida – Night Lost” de 45 minutos, em português com legendas em inglês, será lançada no domingo (1º) no Anthology Film Archives (32 2nd Avenue, em Manhattan – NY).

A história começou a ser desenvolvida em 2013 pelo diretor e roteirista, Marco Antônio. Segundo ele, que contabiliza 12 filmes em seu currículo, era uma história simples de 10 páginas, mas a história cresceu. Com ajuda da jornalista e produtora Marisa Abel, que também protagoniza o drama, e da diretora de elenco Clau Olliva, a história saiu do papel e chegou até as telas.

No entanto, esse caminho foi árduo. O projeto contou com muita união e comprometimento da equipe sendo que a maior parte do que eles precisavam foi adquirido através de trocas e parcerias. Quem trabalhou no projeto, ou atuando ou na parte técnica, eram todos voluntários. O filme conta com a participação do cantor e compositor carioca Márcio Mendes, que também atua e contribuiu com a trilha sonora.

Gravado entre outubro e novembro de 2013, o filme demorou um mês e meio para ficar pronto. O filme tem como temas principais o aborto, a fidelidade e a adoção.

A história envolve a vida do casal Anderson e Rachel Williams, que tenta desesperadamente ter um filho. Eles são brasileiros que se mudaram para os Estados Unidos por causa do trabalho dele, vivido pelo ator Robson Dantas. O casal mora em um subúrbio de classe alta na região norte de Nova York, e Anderson esconde da esposa que é infértil. Depois de descoberta do segredo, a relação do casal entre em crise e leva a um desfecho inesperado.

Segundo atriz Marisa Abel, a obra tenta passar a mensagem que, numa época em que os relacionamentos duram pouco, é possível manter a fidelidade durante as turbulências e superar obstáculos. “Nós fizemos muita pesquisa na questão do aborto e dos casais com problemas de fertilização. O meu objetivo no filme foi realçar que apesar das tragédias podemos sempre tirar algo de bom nisso. Gosto de finais felizes”, diz Marco Antonio.

As cenas externas do filme foram todas rodadas no bairro do Ironbound, em Newark (NJ), onde existe uma grande comunidade brasileira. Já as internas foram gravadas nas cidades de Warren e Clifton, também em New Jersey.

O filme também conta em seu elenco com Lucas Alpiste, Wesley Cabral, Lana O’Keefe, Thárika Heys, Juliana Silva, Maria Ferreira, Marcio Mendes, Sergio Souto, Dan Silva, Maria Cristina Tina, Roy Relvas, Yuri Farias, Jeoadas Gama, Andrew Maia e Ryan Pavesi.