Brasileiros fazem sucesso com Rastreador de Namorado

0
652

Joselina Reis

Quando Matheus Grijo estava desenvolvendo um localizador de pessoas para uma empresa, a sua namorada brincou dizendo que o aplicativo poderia ser usado para localizar o namorado. Grijo e seu amigo Danilo Neves resolveram levar a brincadeira a sério e criaram em julho deste ano o Rastreador de Namorado. Brasileiros e brasileiras se apaixonaram pela ideia e em menos de dois meses quase 200 mil pessoas baixaram o aplicativo para seus celulares.

“A procura foi tanta que tivemos problemas em atender à demanda”, conta Danilo. Aproveitando a oportunidade os dois amigos já fizeram algumas mudanças no aplicativo. No início, era possível apenas localizar a pessoa (amada/rastreada) agora é possível saber onde ele(a) está, para quem ligou, as chamadas recebidas e escuta.

O aplicativo começou a ser disponibilizado pelo Google, mas logo foi tirado do ar sob a acusação de invasão de privacidade. No entanto, o problema com o Google ao invés de atrapalhar os negócios só rendeu mais mídia gratuita aos dois brasileiros. A partir daí, o website (www.rastreadordenamorado.com) passou a ser a única forma de conseguir as duas versões do aplicativo que tem versão grátis e uma versão mais completa por R$4.99.

A polêmica envolvendo o caso com Google e o sucesso da dupla levou a história para jornais no mundo inteiro e reportagens sobre Danilo e Matheus podem ser vistas até no Oriente Médio. A mídia está levando em consideração, pelo sucesso da dupla, a cultura ciumenta do brasileiro, seja homem ou mulher.