Brasileiros querem fugir do Brasil durante a Copa do Mundo

0
543

Pesquisa de site de viagens aponta que a maioria gostaria de sair do país durante os jogos

Da Redação com Melhores Destinos – Estar bem longe do Brasil durante os jogos da Copa do Mundo de 2014 está entre o desejo da maior parte dos leitores do site Melhores Destinos (melhoresdestinos.com.br). Entre os cerca de 3,8 mil participantes da pesquisa, mais de 70% disseram que pretendem viajar para outro país no período em que o Brasil sediará o maior evento do futebol mundial.

De acordo com o levantamento, 19% dos leitores pretendem ficar em casa durante a Copa e outros 8% estão planejando viajar pelo Brasil – metade para acompanhar os jogos e metade para destinos que não serão afetados diretamente pelo mundial.

A pesquisa foi respondida por 3.770 leitores, entre os quais 2.696 (72%) responderam que desejam viajar para outro país ou fugir da Copa do Mundo. Entre as respostas, boa parte afirmou que quer aproveitar eventuais promoções das companhias estrangeiras, já que muitos voos virão com torcedores estrangeiros e não poderão voltar vazios.

Outros querem fugir dos transtornos causados pelo mundial, como problemas em aeroportos, violência e aumento de preços. “Caos nos transportes e na saúde, conflitos com policiais, gangues de mascarados. Contudo, espero que esse mega evento seja um sucesso! Nós brasileiros precisamos e vamos conseguir promover a melhor Copa do Mundo dos últimos tempos, afinal quando queremos, fazemos! E eu vou ver tudo pela TV, seja onde estiver”, comentou o leitor Carlos Gomes. “Moro no Rio há 10 meses e na Jornada Mundial da Juventude e no Réveillon já deu para sentir o que vai ser a Copa. A falta de educação do carioca para receber turistas, aumento abusivo dos preços. Quero estar bem longe do Brasil na Copa!”, comparou Danie Garcia.

Já a leitora Rhayana, de Vitória, promete torcer bastante pelo Brasil. Mas bem longe: “Tenho medo dessa Copa a verdade é essa… Gostaria muito que o Brasil recebesse esse evento se estivéssemos preparados para isso, mas com tantos assaltos, arrastões, falta de respeito com o nosso meio ambiente não acho que estejamos prontos e vou preferir não estar aqui durante a Copa. Assistirei em algum lugar mundo afora torcendo pela nossa seleção”.